| | |
OABMS

Notícias

Congresso trouxe processualistas de renome internacional e superou expectativas
Data: 11/06/2018

Um sucesso de público, com mais de 500 participantes, o I Congresso Internacional ADPMS-ABDPro de Direito Processual lotou a Ordem dos Advogados do Brasil, Secional Mato Grosso do Sul (OAB/MS). O encerramento foi marcado por uma mesa de debates com Glauco Gumerato e Adolfo Alvarado Velloso.

A tarde começou com palestra do Doutor em Direitos Difusos e Coletivos pela PUC-SP e Professor do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), Georges Abboud. O Presidente de mesa foi o Alexandre Rasslan e debatedores o Advogado Sergio Padovani e a Secretária-Geral Adjunta Isa Maria Formaggio.

Na sequência, Marcos Araujo Cavalcanti proferiu palestra participou de mesa de debates com Fábio Jun Capucho e Renato Woolley.

Com o tema “Negócio processual”, Carmen Nery participou de mesa junto a Advogada Claudia Bossay Fassa e Cassiano Garcia Rodrigues. “Hoje, eu propus uma reflexão de como o negócio jurídico processual pode ser um poderoso instrumento de democratização do processo no Brasil e que a gente precisa fomentar a realização desses negócios jurídicos processuais para que as partes se sintam mais partícipe da decisão final do processo. Diversos problemas surgem com a realização dos negócios jurídicos processuais e as pessoas me fizeram perguntas muito intrigantes É um terreno muito movediço porque é ainda muito pouco realizado, tem pouca jurisprudência a respeito do tema e as partes são um pouco avessas a ele, justamente porque estamos muito acostumados com um processo em que o Estado e o Juiz são os únicos responsáveis”, explicou Carmen.

O encerramento levou dois processualistas de renome para a mesa de debates. Glauco Gumerato, Diretor de Relações Internacionais da ABDPro e Vice-Presidente para o Brasil do IPDP e o Professor Adolfo Alvarado Velloso, autor de vários livros na área.

Os Advogados Guilherme Ferreira, Marcos Castro, Marco Antonio Pissurno e Luis Marcelo Giummarrresi foram os debatedores em mesa presidida pelo Desembargador Ruy Celso Florence.

Glauco Gumerato agradeceu o convite feito pela Academia de Direito Processual de MS e parabenizou a organização pelo sucesso do evento. “Eu acho que o evento foi muitíssimo proveitoso e de êxito total. Vieram pessoas aqui de várias partes do país, juristas que tem entre si não apenas o estudo do processo do Direito Processual, mas um centro de apoio essencial que é vislumbrar o Direito Processual, o fenômeno processual como algo de conotação democrática”.

Ele também enalteceu o evento por ter ocorrido na Ordem dos Advogados do Brasil. “Nada melhor do que falar na casa dos advogados, para eles que são os verdadeiros artífices no âmbito do processo. Falar para um público bastante heterogêneo de alunos, juízes, promotores, de um assunto que é novo. A iniciativa, tanto da Academia de Direito Processual de Mato Grosso do Sul, tanto da ABDPro, como da OAB, do Tribunal, foi muito exitosa. A experiência foi boa, o evento foi maravilhoso, foi muito proveitoso e estão todos de parabéns, principalmente a OAB por ter cedido o espaço e a infraestrutura necessária”.

O Presidente da ADP/MS, Marcos Pollon, falou sobre a palestra do Professor Adolfo Alvarado Velloso. “O ápice do evento foi a palestra do Professor Alvarado, de um conteúdo tão rico que os presentes se emocionaram com o tamanho do conhecimento de um senhor de mais de 80 anos e sua vitalidade para expor a matéria”.

Alvarado Velloso foi integrado a Academia de Direito Processual com membro emérito, pesquisador que no decorrer de sua carreira prestou relevantes serviços ao Direito Processual internacional.

“O evento foi um sucesso. Todas as palestras mantiveram-se lotadas. Temas de extrema relevância e debates de altíssimo nível. Nossa expectativa é que o evento melhore cada vez mais e aconteça todo ano, e que assim o Direito Processual se desenvolva em Mato Grosso do Sul”, concluiu agradecendo os membros da Academia pelo sucesso e a Diretoria da OAB/MS pelo apoio para realização do evento. 

 

OUTRAS NOTÍCIAS
MÍDIAS SOCIAIS