| | |
OABMS

Notícias

OAB/MS apoia campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência Contra Mulheres
Data: 05/12/2017

Como parte das atividades programadas em razão da Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência Contra Mulheres, as Comissões da Mulher Advogada, da Saúde e do Enfrentamento à Violência contra a Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS) reuniram esforços e promoveram uma palestra a respeito de Pornografia de Vingança e Violência na Era digital na noite de segunda-feira (04) no auditório da OAB/MS.
Quem proferiu o colóquio foi Ana Lara Camargo de Castro, promotora de Justiça de Mato Grosso do Sul, membro auxiliar do Conselho Nacional do Ministério Público e autora da obra “Stalking e Cyberstalking: obsessão, internet, amedrontamento”.

Estiveram presentes ao colóquio a Presidente da Comissão da Mulher Advogada, Suzana Maluf, Presidente da Comissão de Enfrentamento à violência contra a mulher, Carine Giaretta, a Presidente da Comissão de Saúde, Maria Eugênia de Noronha Anzoategui, e a Conselheira Estadual da OAB/MS, Marcela Marina de Araújo, entre outros.
O Presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche, destacou a importância do trabalho de instituições como a Casa da Mulher Brasileira e ressaltou a indissociabilidade do enfrentamento à violência contra as mulheres da defesa do estado democrático de direito.

“Dioturnamente verificamos e acompanhamos situações de desrespeito e violência contra as mulheres, e é inaceitável que isto aconteça quando são elas quem nos deram a vida. A Ordem tem como essência lutar pelos Direitos Humanos e o enfrentamento à violência contra a mulher é imprescindível em uma sociedade justa e organizada” ressaltou.
Na palestra, Ana Lara Camargo explanou acerca das características da violência em âmbito digital do ponto de vista da motivação, natureza e consequências, bem como sobre a ilusão de anonimato nas redes sociais, e os danos que podem derivar de uma experiência de trauma por exposição da privacidade.
Em seguida a psicóloga Sílvia Lopes discorreu sobre as origens de traumas e seus reflexos e o médico psiquiatra Júlio César Guimarães Mercadante finalizou o evento elucidando a questão do abuso sexual do ponto de vista clínico.

Com a participação de cerca de 160 países, a Campanha 16 dias de ativismo promove o debate e denuncia as várias formas de violência de gênero cometidas em todo o mundo. A campanha e acontece todos os anos, entre 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, e 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos.

 

OUTRAS NOTÍCIAS
MÍDIAS SOCIAIS